Acessibilidade:

PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: DICAS!

A palavra chave para o Desenvolvimento é Estimulação!

 
Olá professor,
 
Você já sabe que o conhecimento sobre a psicomotricidade é fundamental na educação infantil. Por isso separamos mais este material para você se aprofundar ainda mais no tema.
E para quem ainda não conhece sobre a Psicomotricidade. Conheça mais sobre esta ciência que é fundamental para o desenvolvimento dos nossos pequenos.
 
Tire suas dúvidas, aprenda sobre o assunto e participe deixando seu comentário. Confira!

 

Boa leitura e bom final de semana.



PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: DICAS!

O movimento humano é construído em função de um objetivo. A partir de uma intenção como expressividade íntima, o movimento transforma-se em comportamento significante. É necessário que toda criança passe por todas as etapas em seu desenvolvimento.

O trabalho da educação psicomotora com as crianças deve prever a formação de base indispensável em seu desenvolvimento motor, afetivo e psicológico, dando oportunidade para que por meio de jogos, de atividades lúdicas, se conscientize sobre seu corpo. 


Através da recreação a criança desenvolve suas aptidões perceptivas como meio de ajustamento do comportamento psicomotor. Para que a criança desenvolva o controle mental de sua expressão motora, a recreação deve realizar atividades considerando seus níveis de maturação biológica. A recreação dirigida proporciona a aprendizagem das crianças em várias atividades esportivas que ajudam na conservação da saúde física, mental e no equilíbrio sócio-afetivo.

Bons exemplos de atividades físicas são aquelas de caráter recreativo, que favorecem a consolidação de hábitos, o desenvolvimento corporal e mental, a melhoria da aptidão física, a socialização, a criatividade; tudo isso visando à formação da sua personalidade.



SUGESTÕES DE EXERCÍCIOS PSICOMOTORES: 


Engatinhar, rolar, balançar, dar cambalhotas, se equilibrar em um só pé, andar para os lados, equilibrar e caminhar sobre uma linha no chão e materiais variados (passeios ao ar livre), subir/ descer entre outras.
Pode-se afirmar, então, que a recreação, através de atividades afetivas e psicomotoras, constitui-se num fator de equilíbrio na vida das pessoas, expresso na interação entre cognição e corpo, a afetividade e a energia, o indivíduo e o grupo, promovendo a totalidade do ser humano.

Área Motora


Chapéu ao alto


Objetivos: desenvolver agilidade, atenção, prontidão de reação e coordenação motora.

Formação: alunos em circulo.

Material: Chapéu

Desenvolvimento: um participante comandará a brincadeira. Os alunos obedecem a comando deste líder que dará ordens, tais como: bater palmas, rir, chorar, girar, coçar a cabeça etc. em um dado momento ele jogara um chapéu ao alto. 

Os alunos continuam obedecendo às ordens do líder, enquanto o chapéu não trocar o chão. No instante em que o chapéu cair no chão todos devem parar com os movimentos que estavam executando. Aquele dentre os participantes que continuar com os movimentos sai da brincadeira.


Área da linguagem


Complete a frase


Objetivo: Trabalhar oralmente as palavras, despertando a atenção, a criatividade e iniciativa.

Formação: Alunos dispostos em círculo.

Material: Nenhum

Desenvolvimento: O professor deve dizer uma frase qualquer. O participante seguinte deverá dizer a últimas palavras que o participante anterior falou e completar a frase. Ex.: Maria comeu manga; a manga é muito saborosa. Saborosa também é a laranja. A brincadeira prossegue, aumentando as frases até alguém errar, quando então se reinicia com nova frase.

Possibilidade: Estruturar a brincadeira sob forma de musical (Ex: passar uma musica e pedir que a repitam sob forma de movimentos e/ ou expressões, sons, ou pedir que criem histórias).


Área de socialização


Dança do Jornal


Objetivos: Estimular a sociabilização, a expressão corporal e a percepção espacial.

Formação: Alunos dispostos em pares

Material: folha de jornal, aparelho de som, CD ou fita cassete.

Desenvolvimento: A um sinal do professor, deverão dançar (se movimentar) ao som de uma música sobre uma folha de jornal sem rasgá-la ou sair fora dela. Os pares que saírem ou rasgarem a folha de jornal vão saindo da brincadeira.

Os vencedores são os pares que não saírem de cima do papel nem rasgarem a folha do jornal.

Pode-se alternar a brincadeira, alternando entre diferentes ritmos musicais, mais rápidos, mais lentos, que exijam a execução de passos específicos etc.

Imagem e esquema corporal.


Fonte na Íntegra: Cantinho dos Pequeninos
 
 
Aprenda mais sobre esse assunto…
Se você gostou do artigo compartilhe com seus colegas clicando aqui:


E se quiser saber ainda mais sobre as atividades em Psicomotricidade e entender sobre essa ferramenta maravilhosa dentro de sala de aula, conheça o nosso curso de PSICOMOTRICIDADE.

Continue lendo

COMO ESTIMULAR AS HABILIDADES DAS CRIANÇAS ATRAVÉS DOS MOVIMENTOS?

Olá professor, tudo bem? Como você já sabe, a educação infantil abrange o ensino de crianças de zero até seis […]

Como recuperar a Alfabetização na pós-pandemia?

Inicialmente, o período de pandemia da Covid-19 que o mundo ainda enfrenta faz qualquer pessoa refletir acerca das lições aprendidas. […]

Qual é o principal desafio da psicomotricidade no ambiente escolar?

Olá, professores! Inicialmente, a psicomotricidade é conhecida como um aspecto de extrema importância para o desenvolvimento das crianças. Com isso, […]