Acessibilidade:

PROBLEMAS DE ATENÇÃO E PERCEPÇÃO

DIFICULDADE, TRANSTORNO OU INDISCIPLINA: POR QUE MEU ALUNO NÃO APRENDE?

Essa é a frase mais constante que ouvimos! E será que é culpa da escola? Dos pais? Ou da criança?

Neste processo precisamos ter um olhar atento, pois se há Dificuldade de Aprendizagem, existe uma criança que precisa de ajuda!

E eles podem apresentar alguns sinais, tais como: dificuldade na escrita, fala, leitura, cálculos, prestar atenção, formar sílabas, entre outros sinais.

Qual dificuldade que seu pequeno tem demonstrado em sala de aula?

Boa leitura.

PROBLEMAS DE ATENÇÃO E PERCEPÇÃO

Algumas características das crianças com dificuldades de aprendizagem:

  • Problemas de atenção.
  • Problemas perceptivos.
  • Problemas emocionais.
  • Problemas de memória.
  • Problemas cognitivos.
  • Problemas psicolinguísticos.
  • Problemas psicomotores.

A criança com dificuldade de aprendizagem não pode ser confundida com uma criança com deficiência intelectual, pois não possui uma inferioridade intelectual global.

As dificuldades compreendem uma dificuldade de aprendizagem nos processos simbólicos – fala, leitura, escrita, matemática.

A criança com DA manifesta uma discrepância no seu potencial de aprendizagem e exibe uma diversidade de comportamentos que podem ou não se provocados por disfunção psiconeurológica.

Elas esforçam- se por aprender, mas não conseguem. Frequentemente são muito desorientadas, perdem objetos, se atrapalham ao falar, coordenam mal os movimentos…

Isto nós observamos através de análise em atendimento clínico psicoeducacional.

PROBLEMAS DE ATENÇÃO

As crianças com DA apresentam dificuldades:

  • Ficar a atenção.
  • Não seleciona estímulos relevantes dos irrelevantes.
  • Dispersam- se com frequência.
  • Não mantém as funções de alerta e vigilância.
  • Problemas de seleção.
  • Alterações e flutuações na atenção seletiva e na sua duração e extensão.
  • Os sistemas de ativação, de excitação, de inibição e de integração neurossensorial apresentam disfunções.

FATORES QUE TENDEM A DESORGANIZAR A CRIANÇA NA ESCOLA

  • Muitos estímulos em sala de aula.
  • Barulhos exteriores.
  • Proximidade de recreios.
  • Ruas agitadas.
  • Quadro repleto de informações visual e mal estruturados.
  • Salas carregadas de estímulos nas paredes.
  • Ausência de rotinas.
  • Fraca exposição da informação.

ESTRATÉGIAS PARA A APRENDIZAGEM

  • Minimizar em sala de aula os estímulos competitivos e irrelevantes.
  • Renovar e inovar os materiais didáticos e a apresentação dos estímulos.
  • Trazer estímulos para a sala de aula de: motivação, entusiasmo, curiosidade.

PROBLEMAS PERCEPTIVOS

Dentre os problemas mais recorrentes da criança com DA destacam- se os VISUAIS e os AUDITIVOS.

A criança com DA tem dificuldade em:

  • Interpretar estímulos.
  • Formar percepções e organizá-las.
  • Compreende aspectos do todo, mas não consegue compreender as relações das partes que a formam.
  • Confunde auditivamente as estruturas das palavras.
  • Distrai-se com sinais e sons.

Exemplos: Da com grafismo:

  

DA – Discriminar posições no espaço:

DA- Transferir relações espaciais:

DA- Discriminar sequência de letras em palavras:

PAU –  PUA UAP UPA

PROBLEMAS EMOCIONAIS

As crianças com Da são descritas desta forma por professores e pais:

  • Vivas
  • Nervosas
  • Desatentas
  • Irrequietas
  • Traquinas
  • Possessivas
  • Coléricas
  • Desarrumadas
  • Desorganizadas
  • Conflituosas
  • Descontroladas
  • Explorativas
  • Manipuladoras
  • Irresponsáveis
  • Negativas
  • Instáveis
  • Impulsivas
  • Reduzida tolerância a frustação

Sentimentos de exclusão, rejeição, perseguição, abandono, hostilidade e de insucesso são também apresentados por estas crianças.

A instabilidade emocional também tem sido referida.

O QUE É NECESSÁRIO PARA ESTA CRIANÇA

  • Atmosfera afetiva, lúdica e relacional.
  • Respeito na sua totalidade com pessoa.
  • Ter um professor simpático, confiante, amigo.
  • Reforço positivo.

É preciso transforma a criança com DA em uma pessoa válida pela sociedade, enriquecendo suas áreas fortes em detrimento das fracas.

CLIQUE AQUI e conheça como a capacitação de Transtornos da Linguagem pode auxiliar VOCÊ neste processo.

Com muitas dicas e ações para identificar, intervir e desenvolver atividades práticas, de forma dinâmica.

Qualquer dúvida, CLIQUE AQUI ou entre em contato via WhatsApp 43 – 9966-0203.

Será um prazer atende-lo.

Até breve.

Grupo Rhema Educação

Continue lendo

Como Ajudar Alunos com Dificuldades na Leitura?

A habilidade de ler é uma das mais importantes que uma pessoa pode adquirir na vida. Ela não é apenas […]

SINAIS E CAUSAS DO ATRASO DO DESENVOLVIMENTO MOTOR

Olá professor, tudo bem? DESENVOLVIMENTO MOTOR NAS CRIANÇAS: VOCÊ SABE COMO IDENTIFICAR SE EXISTE UM ATRASO? E O QUE FAZER? […]

A SENSIBILIDADE DO AUTISMO: O QUE É TRANSTORNO PROCESSAMENTO SENSORIAL?

Muitos autistas sentem-se à vontade com padrões repetitivos. As dificuldades em imaginar e fazer de conta leva eles a se […]