Acessibilidade:

MEDOS NA INFÂNCIA: OS MONSTROS QUE VIVEM EMBAIXO DA CAMA.

Olá caro leitor…
Fim da conversa no bate-papo

O Medo é um sentimento que não afeta somente às crianças mas nós adultos também, mas é na infância que podemos ajudar as crianças a lidarem com esse sentimento que muitas vezes pode atrapalhar sua vida. Veja que interessante essa matéria que nos fala um pouco sobre esse sentimento e Boa Leitura!

 

MEDOS NA INFÂNCIA: OS MONSTROS QUE VIVEM EMBAIXO DA CAMA.

O medo é uma emoção saudável e essencial para nossa sobrevivência, mas os pais precisam estar atentos para forma que estão ensinando os filhos a lidarem e enfrentarem seus medos e se estão os ensinando a serem capazes de dominar temores ou situações desconhecidas.
Um medo bem comum na infância é o de monstros. Enquanto nós, adultos, sabemos diferenciar imaginário e fato concreto, a criança (dependendo da idade) ainda não sabe. Ela acredita que o zumbi do desenho pode aparecer a noite, ou que outras coisas imaginárias e assustadoras fazem parte do real. Por isso, é bem importante os pais acompanharem os programas de televisão, desenhos, filmes que a criança tem acesso, pois se aquele conteúdo não for adequado para sua idade, é bem provável que ela não saberá diferenciar realidade e fantasia e consequentemente ficará com medo.
No caso da criança que tem medo de monstros, os pais podem, por exemplo, ressignificar o monstro através de um desenho, criar uma nova história para este “ser” assustador, ou inseri-lo num contexto infantil a fim de tornar a situação mais fácil para a criança administrar. Desta forma ela ganha mais segurança, além de aprender a ampliar sua visão sobre os fatos e a levantar alternativas para situações difíceis. O ideal é que medo não seja ignorado, falar sobre o assunto dá segurança e estimula o enfrentamento.
A medida que a criança vai se percebendo como um Eu separado do Outro o medo de pessoas estranhas também pode aparecer, principalmente nos primeiros anos de vida. O Outro faz parte do desconhecido e diante de situações desconhecidas a criança pode sentir um pouco de medo e querer evitar contato. Pode sentir-se sozinha e com medo de fazer as coisas e sentir-se ameaçada diante de várias situações, como ficar sozinha num cômodo da casa, ir ao banheiro, tomar banho, dormir sozinha, medo de chuva, ficar no escuro, medo de ir à escola, ou seja, o medo pode surgir muito cedo, porque ele está associado a situações que nos causam algum tipo de ameaça, mesmo que ela não seja real.
Há situações em que as crianças parecem ter medo de tudo. Se este for o caso, os pais precisam ficar de olho o quanto estão sinalizando para o filho que o mundo é extremamente perigoso. Pais superprotetores, exageradamente cuidadosos não conseguem desenvolver autonomia na criança para que ela se arrisque, ao contrário acabam por vezes ensinando que tudo é muito mal e ameaçador.

Aprenda mais sobre esse assunto! Temos um ótimo curso que poderá te ajudar muito nesse processo. Conheça nosso curso de PSICOPATOLOGIAS E APRENDIZAGEM ESCOLAR Neste curso você terá dicas de atividades práticas para estar usando em sala de aula. Se preferir, entre em contato ou deixe seu WhatsApp que vamos te passar todas as informações. Contato: (43) 99644-5284 / 99660-0241 E não esqueça, deixe seu comentário e compartilhe.

Continue lendo

A IMPORTÂNCIA DA LIBRAS NO CONTEXTO ESCOLAR E COMO DESENVOLVER ESTES ALUNOS.

“O SILÊNCIO TORNA-SE UMA BARREIRA ENTRE SURDOS E OUVINTES, MAS A LÍNGUA DE SINAIS PODE QUEBRÁ-LA.” Olá professor tudo bem? […]

Como diferenciar a birra do transtorno opositor?

Como você, pai ou educador, lida com situações de mau comportamento em casa ou sala de aula? Para alguns pais […]

DIAGNÓSTICO E PROGRAMAS DE ATENDIMENTO PARA O TEA

Como já sabemos o TEA é como um distúrbio do desenvolvimento neurológico que deve estar presente desde a infância apresentando […]