Acessibilidade:

E QUANDO INTRODUZIR A MUSICALIZAÇÃO NA VIDA DO SEU FILHO?

Olá pais e professores, tudo bem?
 
Você sabia que a musicalização é introduzida na vida da criança desde o útero materno? Uma criança já toma contato com elementos fundamentais da música como o ritmo, através das vibrações e pulsações do coração da mãe.
 
Na matéria abaixo vamos abordar alguns passos importantes para que uma aprendizagem musical seja eficiente, o papel da musicalização infantil, quando iniciar, como introduzir, enfim várias dicas importantes sobre esse assunto que muito se tem falado nos últimos tempos.
 
Bom final de semana e boa leitura!
 
 
O QUE É MUSICALIZAÇÃO INFANTIL?
 
“A Música é para uma criança algo que ela encontra dentro dela mesma e expressa através dos movimentos que consegue realizar”.
 
A Musicalização Infantil é um poderoso instrumento de educação. Desenvolve na criança a sensibilidade musical, a concentração, a coordenação motora, a sociabilização, a acuidade auditiva, o respeito a si próprio e ao grupo, a destreza do raciocínio, a disciplina pessoal, o equilíbrio emocional dentre outras qualidades que colaboram na formação do indivíduo.
Até mesmo antes de nascer, no útero materno, uma criança já toma contato com elementos fundamentais da música como o ritmo, através das vibrações e pulsações do coração da mãe.
 
Ao nascer, a relação de uma criança com a música é imediata, através do acalanto da mãe e também através de objetos sonoros da casa e do mundo que a cerca.
Antes de começar a falar, um bebê canta, experimenta sons produzidos com a boca. Quando dá os seus primeiros passos até o ponto de poder ficar em pé, o ritmo de uma música o leva acompanhar com o corpo os movimentos cadenciados. E é a partir dessa relação entre o gesto e o som que uma criança, ouvindo, cantando, imitando, dançando, constrói o seu conhecimento musical.
 
 
O QUE É MUSICALIZAR?

Musicalizar uma criança nada mais é do que despertar nela à sua expressão espontânea. É sensibilizar e desenvolver aquilo que ela já é capaz de fazer, e aos poucos ir organizando as informações.
 
Brincar, indiscutivelmente, é uma grande atração para uma criança. É sempre um momento sério, onde a brincadeira é uma tarefa muito importante. Musicalizar Brincando é um processo que completa o desenvolvimento da criança, que vai de encontro com seus interesses e proporciona benefícios que ela própria não consegue avaliar, mas sentir.
 
Musicalizar, atualmente, é uma diversão, e através desta vivência sonora, rítmica realizadas através de jogos e brincadeiras, que o aprendizado musical chega as crianças. Foi-se o tempo em que uma aula de música era cansativa para as crianças, onde os símbolos musicais apareciam como estranhos desenhos e nada representavam para elas.  
              
Através da Musicalização Infantil atual, estes mesmos símbolos vão fazendo parte da vida da criança, de uma maneira muito simples, alegre e agradável.
 
Musicalizar brincando é uma maneira inovadora de ensinar música para as crianças, que tem sua à disposição jogos interativos e interessantes que estarão sendo utilizados de forma prazerosa e consistente no próprio processo.
 
 
PASSOS IMPORTANTES PARA A MUSICALIZAÇÃO INFANTIL
 
A maioria das crianças que estão tendo aula de música em suas escolas, na verdade a encara como um momento de distração e entretenimento. Mesmo a escola que possui um profissional competente para tal função, é comum encontrar nas crianças um distanciamento com a realidade da cultura musical.
 
Infelizmente, em nosso país, não tem uma cultura musical infantil apropriada, que proporcione à criança mergulhar no universo musical de forma condizente. A música que a mídia evidencia para este público, ou atende a interesses comerciais ou tem o propósito de imbecilizar a mente infantil, de tal forma que qualquer modismo que venha a surgir, a criança rapidamente aprende e cantarola.
 
Existem alguns passos importantes para que uma aprendizagem musical seja eficiente:
 
1-      A criança precisa aprender a ouvir, não ouvir por ouvir, mas saber ouvir corretamente. O professor tem que elaborar de forma estratégica para que uma criança aprenda como ouvir uma música com suas nuances, como: a melodia, o ritmo, sua duração, notas, o timbre dos instrumentos e vozes, sua intensidade, altura notas, etc.
 
2-      Ela precisa aprender a ver uma música, não apenas com os olhos carnais, mas com olhos sensíveis aos detalhes da Música, uma forma que o instrumentista ou o cantor executa sua música, sua performance, etc.
 
3-      Ela precisa exercitar sua memória musical, absorvendo os conceitos primordiais da música, como o ritmo, melodia, tonalidade, andamento, timbre, altura, intensidade, duração, etc.
 
4-      Ela precisa praticar aquilo que aprendeu, seja ritmicamente ou melodicamente. Depois do processo de ouvir, ver e absorver o conteúdo na mente, o próximo passo é colocar a mão na massa, ou seja, ter um contato com um instrumento ou com a própria voz.
 
Lembrando que este processo é comprovadamente eficaz, pois trabalha de forma inteligível os passos necessários para que uma criança possa adentrar no mundo da música.
 
 
O PAPEL DA MUSICALIZAÇÃO INFANTIL
 
O objetivo principal da Musicalização Infantil é fazer com que a criança tenha um contato bem elaborado e estruturado com a música.
 
A partir deste contato qualificado, a criança inicia um processo de percepção, tornando-se sensível à música, e ampliando o seu universo sonoro. O resultado de todo este processo é o desenvolvimento da musicalidade.
 
A musicalização tem um papel fundamental na educação Infantil, onde as crianças têm a oportunidade de conceber um alicerce para que futuramente possam aprendam a tocar algum instrumento musical.
 
O QUE SE APRENDE EM UMA AULA DE MUSICALIZAÇÃO INFANTIL?
 
– Uma aula bem conduzida desenvolve nos alunos noções de ritmo, altura, timbre, intensidade, duração, dentre outros conceitos da música.
 
– Além dos conceitos musicais, a aula tem a condição de desenvolver a coordenação motora, a inteligência musical, a sociabilização, a colaboração mútua, a liderança, a criatividade, a imaginação, o trabalho em equipe, etc…
 
COMO DEVE SER TRABALHADA A MUSICALIZAÇÃO INFANTIL?
 
Primeiramente, é importante ressaltar que uma aula de musicalização deve ir de encontro com a realidade da escola e das turmas. Pois existem várias metodologias diferentes, onde os seus criadores as construíram baseado em suas experiências locais.
 
A musicalização deve ser trabalhada de maneira lúdica, não pode ser nada imposto e nem exigente.
 
A criança deve sentir prazer em participar das aulas, mas é preciso que o professor tenha bastante cautela ao aplicar brincadeiras e jogos em excesso, pois as crianças vão começar a pensar que a aula serve apenas para um divertimento.
 
 
QUANDO DEVE INICIAR AS AULAS DE MUSICALIZAÇÃO?
 
O processo inicial deve ser o mais cedo possível. Toda escola que tem maternal baby, poderá ter aulas de musicalização.
 
É importante que este processo não fique restrito somente às aulas semanais, e possa se estender na rotina da sala de aula, em vários momentos e atividades propostas desta fase, pois o universo musical é bastante abundante em conteúdo, onde pode ser bastante explorado.
 


Para as turmas iniciais, como: Maternal Baby, Maternal I e II, a presença da professora da turma é de fundamental importância, pois ela está com eles todos os dias da semana, sendo que o professor de música se restringe a apenas 30 a 45 minutos semanais. Esta posição da escola vai contribuir favoravelmente para o resultado positivo das aulas.

Fonte: Música Plena     
 
 
Compartilhe este artigo com os seus colegas:  O QUE É MUSICALIZAÇÃO INFANTIL? 
 
Para obter mais informações teóricas e atividades práticas clique aqui PSICOMOTRICIDADE, este curso de extensão dará dicas, intervenções e atividades simples e mais elaboradas para pôr em prática com seus pequeninos.
 


Dúvidas? Entre em contato: (43) 99644-5284

Continue lendo

COMO MELHORAR A MEMÓRIA E O DÉFICIT DE ATENÇÃO?

Existem crianças que possuem dificuldades para guardar os conhecimentos na memória de trabalho e depois utilizar as informações. Muitas vezes […]

Importância da contação de histórias para crianças com TDAH

Ensinar para alunos com TDAH pode exigir o máximo de todos vocês, mas isso também é um aprendizado incontestável. Dentre […]

Diferença entre transtorno do neurodesenvolvimento e transtorno de aprendizagem

Dentre as muitas causas que dificultam o aprendizado de uma criança e seu bom desempenho acadêmico, estão os transtornos de […]